Uma Coisa no Bau

         Os Diários de Artista são uma ferramenta para abrir às portas da inspiração criadora. Uma forma de registrar as ideias tão rapidamente quanto podem ir embora, sem o compromisso de uma publicação imediata. As páginas podem ser expostas juntas ou em separado e apresentadas ao público mesmo antes de finalizar a encadernação. Ou não…

        Documentam uma “vida criativa” que vai nascendo aos poucos e capturam pedaços de instantâneos com colagens, traços livres e outras técnicas expressivas.

Introdução à confecção de um Diário de Artista                                                                   

            Tenha certeza de uma coisa: esta atividade trará como resultado “um lugar” onde todos os que estiverem interessados em divertirem-se com papel, tintas, carimbos e materiais interessantes encontrarão seu espaço criativo.

            O quê? Por quê? Como? As respostas a essas perguntas são suficientes para nortear o trabalho a ser feito. Que deve ser simples e espontâneo.  Nada de passar a limpo, fazer cópias e croquis ou usar tipos diferentes de suporte. A base sempre é papel. Mas podemos recortar e colar outro recote sobre a imagem, ou alternar camadas de cores e texturas: aplicar massa acrílica ou gessada. Areia fina ou pó de emboss. Café. Chá. Usando cola ou adesivo que possa garantir a aderência e a unidade na visualização dos elementos. Vale também costurar; grampear; aplicar ilhoses e fitas dupla- face.Tudo o que for considerado pelo artista como “interessante para dizer o que quer dizer” com o desenho.

            Cada página do Diário é um trabalho em si mesmo. Mas deve manter uma coerência com as outras, que se unirão ao final num único caderno ou livro artesanal. Na forma mais comum desses cadernos apenas as capas recebem um destaque na decoração. Mas existem também aqueles que se dedicam a costurar vários cadernos numa lombada com acabamento personalizado.

            Todo Diário de Artista se caracterizará por ser uma obra de arte única e representará aquilo que é a própria identidade expressiva do seu criador: o registro gráfico do seu pensar.

            Alguns exemplos podem ser buscados nos links que deixo como referência:

www.youtube.com/watch?v=tI-mW8mZfjU

http://pinterest.com/rowenamurillo/art-journals/

http://donnadowney.typepad.com/photos/art_journal/index.html

http://bitze.wordpress.com/2012/08/24/spirit/magpies-nest-spirit-art-journal-pg-3/

http://somethingtwocrowabout.typepad.com/photos/my_art_journals/429534430_73331ec71c_m.html

Anúncios

Deixe um comentário aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s